Homenagem dos Funcionários da Escola Parque ao diretor Gedean Ribeiro - 13/12/2011

domingo, julho 14, 2013

Salve Santo Antônio!



Salve Santo Antônio! Mais uma vez tivemos a nossa reza de Santo Antônio com  inovações, a mesma ocorreu no  turno matutino  e com um cortejo saído
da escola Classe IV para a escola Parque, sendo recepcionados pelas alunas do  Projeto  Viva Mentis, as orações foram  feitas na entrada do NUAD.

O diretor  Gedean Ribeiro  recebeu a visita de seu  irmão que aniversaria nessa data tão significativa e veio iniciar as cooperações com ele. Em  seguida foram  distribuídos o tradicional  pãozinho do Santo,  águe  benta  personalizada e o tradicional  mungunzá, providenciado pela professora Claudinéa Portela.


Em  construção!!


Lançamento do livro NICC


O NICC promoveu  o lançamento de um  livro de de Contos, Crônicas e Fábulas, escrito por  alunos das professoras que cursam  as oficinas de Língua
Portuguesa com Informática: Roseli Gonçalves, Rosângela Dê Gino Bento e Tânia Regina Gonçalves.
O evento iniciou com a abertura feita pela coordenadora Ana Lúcia Cerqueira, apresentando todos os envolvidos, dando sequencia a leitura dos textos  feitas pelos seus  criadores e  a exibição das fábulas  A galinha dos  ovos  de ouro, com suas  duas  versões verifique!
Em  construção!
A produção dos textos ocorreram durante as aulas ao  longo desses meses, pois o processo de produção requer critérios e cuidados,  muitas  vezes sendo indica a reescrita pra  um produto final embasado e consistente.


Ou  Slide de fotos: Saiba mais:

Inauguração dos Afrescos

Inauguração do Restauro dos Afrescos da Escola Parque!

A primeira etapa do processo de restauração de sete obras, dos painéis modernistas, que compõem o acervo do CECR, foi concluída a inauguração dos dois afrescos situados no  espaço do  NAVI, precisamente  nas dependências da Galeria de Artes Professor Gedean Ribeiro do Nascimento; obras essas pintados na década de 50, precisamente nos anos de 1953 e 1954, ocorreu a inauguração na tarde do dia  05 de junho deste, às 14h30, contando com a presença do secretário da Cultura, Albino Rubim, o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, do professor de Restauração de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) José Dirson, coordenador da recuperação  ente outros.   As obras restauradas foram as seguintes:



 “A Evolução do Homem” – Artista: Jenner Augusto (1924-2003)
Descrição da obra:
Dimensões: 2,70m X 20,00m
Técnica: afresco
Execução: 1953 e 1954
Intervenção de restauro: sem informação de data
Localização e ambiência: à direita da Galeria



A Evolução do Homem” – Artista: Carlos Magano (1921-1983)
Descrição da obra:
Dimensões: 2,70m X 20,00m
Técnica: afresco
Execução: 1953 e 1954
Intervenção de restauro: sem informação de data
Localização e ambiência: à esquerda da Galeria

A equipe de profissionais diretamente envolvidos no processo de restauração iniciou o  trabalho no dia 21 de novembro de 2012  prevendo  a conclusão das obras O Átomo (A Evolução do Trabalho) de Carybé e O Ofício do Homem, de Maria Célia Amado pra este ano, considerando-se  a importância das obras  concluídas foi levado em  média 30 dias úteis para cada uma.
Secretario da Educação, Osvaldo Barreto,no ato da inauguração!
Carine Reis, uma das integrantes da equipe, revela que: '' É uma satisfação e realização de um sonho, participar da restauração das obras pertencentes ao CECR, principalmente os da Escola Parque, que na época de estudante da Escola de Belas Artes fiz um trabalho acadêmico sobre a conservação dos  Painéis, depois convivi com os mesmos no tempo que fui professora estagiária  da Escola e neste momento com todo o orgulho faço parte da equipe de restauração, responsável em restaurar  todo o acervo. Sonho realizado!''



O diretor Gedean Ribeiro em  pronunciamento!
 “Trabalho com restauro desde 1990, o CECR tem um acervo fantástico e a Escola Parque, principalmente. Nossa atividade é com descobertas e é uma tarefa de muita responsabilidade, criteriosa,  respeitando sempre o original - a pincelada original do artista-  Na verdade consiste em prolongar a vida da obra de arte”, explica Cláudia Barbosa.
Para o restaurador Welber Santos, “É a realização de um sonho participar  da restauração da obra de tão renomado artista, Carybé,  bem como  das demais obras. “Esse trabalho me dará margem para muitas oportunidades futuras, além do enriquecimento  na minha carreira, desejo que todas as obras do Centro sejam restauradas,  bem como outras que precisem de intervenções, pois para mim o importante é a recuperação de obras de arte e peças de acervos”, afirmou.

A equipe:
Alguns restauradores: Welber Santos, Cláudia Barbosa, Carine Reis e João dos Santos

- Restaurador / Coordenador Geral e diretor do
Studio Argolo Antiguidades e Restaurações Ltda.:  
José Dirson Argolo

- Restaurador/ Coordenador:
Gianmário Finadri

- Coordenador Administrativo:
Waldemar Silvestre

- Restauradores:
Carine Reis
Cláudia Barbosa
João dos Santos
Welber Santos
Gianmário Finadri

- Auxiliar de Restauro
Antônio Hélio Silva

- Mestre - Carpinteiro:
José Raimundo Sousa

- Carpinteiros:
Franklin Gomes e Wendel

- Auxiliar:
Anderson




Em  construção!

Seminário Celebração África



No  dia 25 de maio,  sábado  letivo, foi muito proveitoso para  todo o CECR , pois tivemos mais uma celebração em comemoração ao dia da África  com  o Seminário “Celebração ao Dia da África” mais especificamente aos 10 anos da
LEI 10.639/2003: Avanços, Desafios/Entraves e Perspectivas, uma ação do  Núcleo de Articulação de Área. O seminário abordou assuntos referentes ao continente e lei citados.
A historiadora Darci Xavier compôs e mediou a mesa  das palestrantes, recebendo as doutoras: Amélia Maraux (superintendente de Desenvolvimento da Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado da Bahia; Vanda Machado (professora aposentada da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e dirigente do projeto Irê Ayó, do Terreiro Ilê Axé Opó Afonjá); Vilma Reis A presidente do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra.
Contamos com exposição, no foyer do teatro, de alguns artistas da Escola Parque (  e apresentações de dança no palco do teatro ( Ana Paula Rodrigues e
Marlon Oliveira; e do grupo de Hip Hop “Uas Family  Crew” sob o comando de Michelangelo Santos), e  a performance de Roberto Cândido caracterizado de carteiro fazendo um  belo discurso.
Ana Rita Barreto (mascaras)
George Pereira (telas do Foyer em preto e branco)
Mª do  Carmo (Mascaras)
Mª José  Farias (telas do foyer)
Misma Ariane (tela no palco)         
Em  construção!
Saiba mais: http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/escola-parque-comemora-dia-da-africa-e-10-anos-da-lei-10639

Numerando 2013



No turno vespertino, do dia 23, o projeto do Numerando em comemoração ao o "Dia Nacional da Educação Matemática" , ocorre sempre  no mês de maio. Criado em 2008,  no  NICC, tendo como  responsáveis  as
professoras de Matemática:  Mª Cristina Gomes, Mércia Figueiredo e Rita Fortuna. Esse ano o tema abordado foi: “A Matemática dos jogos”.
Alguns jogos  utilizados foi:
Sudoku é um jogo de raciocínio e lógica. Apesar de ser bastante simples, é divertido e viciante. Basta completar cada linha, coluna e quadrado 3x3 com números de 1 a 9. Não há nenhum tipo de matemática envolvida.
Tangram é um quebra-cabeça chinês formado por 7 peças (5 triângulos, 1 quadrado e 1 paralelogramo) Com essas peças podemos formar várias figuras, utilizando todas elas sem sobrepô-las. Segundo a Enciclopédia do Tangram é possível montar mais de 1700 figuras com as 7 peças.
Resta um é um quebra-cabeça no qual o objetivo é, através de movimentos válidos, deixar apenas uma peça no tabuleiro. No início do jogo,

há 32 peças no tabuleiro, deixando vazia a posição central. Um movimento consiste em pegar uma peça e fazê-la "saltar" sobre outra peça, sempre na horizontal ou na vertical, terminando em um espaço vazio. A peça que foi "saltada" é retirada do tabuleiro. O jogo acaba quando não é possível fazer nenhum movimento. Nesta ocasião, o jogador ganha se restar apenas uma peça no tabuleiro. Entre outros.
O mesmo se desenvolve logo no  inicio do ano  letivo, durante as aulas os alunos  que cumprem  diversa etapas como: pesquisas, confecção de materiais entre outras.


Coletânea Cadmista



       A manhã de autógrafos, da  quarta edição, do livro Coletânea de Textos Cadmistas 2012, foi repleta de descontração e muitas informações por parte da  mestre de cerimônia
Professora Rita Fortuna (NICC) e dos participantes do Projeto Cadmo,  que convidaram a toda comunidade escolar a comparecerem ao Teatro, às 10h do dia 15 de maio de 2013.
A obra foi criada, com temas diversos como: aforismos, conto , mangá, memórias e poemas  pelos alunos do projeto: Abdias Augusto, Auremita Almeida, Bia (aluna do Cadmo).
         O projeto  foi idealizado pelo professor Jayme Ribeiro e já está implantado desde o ano de  2008,  no  NULEP, buscando proporcionar e estimular o  estímulo a leitura. 



TV Brasil documenta a rotina de um dos  nossos alunos Caíque Nascimento.  Assista: 





Dia das Mães!



A comemoração dos dias das mães esse ano ocorreu na área do administrativo,  que  foi devidamente decorado, além de outras áreas da unidade como de costume sempre sob a responsabilidade da professora e decoradora Luciana Pinheiro. A celebração ocorreu durante o almoço contando com a presença de professores e funcionários do diurno.
As homenagens foram prestadas pelos
professores Monica Corsan, recepcionando a todos com suas interpretações musicais; Claudinéa Portela  e Jayme Matos, com a leitura de  textos para as mães presentes, a apresentação performática do professor João Santhana incorporando sua personagem Sebastiana teve a participação de algumas alunas e no  dia Samuel  Júnior violinista encantando a todos os presente.
Toda se sentiram muito acolhidas e satisfeitas com esse inicio  de  tarde tão agradável, que ressaltou a importância das mães em  nossas vidas.


Homenagem às mães
Mãe, amor sincero sem exagero.
Maior que o teu amor, só o amor de Deus...
És uma árvore fecunda, que germina um novo ser.
Teus filhos, mais que frutos, são parte de você...

És capaz de doar a própria vida para salva-los.
E muito não te valorizam...
Quando crescem, de te esquecem.
São poucos, os que reconhecem...

Mas, Deus nunca lhe esquecerá.
E abençoará tudo que fizerdes aos seus...
Peço ao Pai Criador que abençoe você.
Um filho precisa ver o risco que é ser mãe...
Tudo é cirurgia, mas ela aceita com alegria.
O filho que vai nascer...

Obrigado é muito pouco, presente não é tudo.
Mas, o reconhecimento, isso! Sim, é pra valer...
Meus sinceros agradecimentos por este momento.
Maio, mês referente às mães, embora é bom lembrar...
Dia das mães, que alegria é todo dia.

J.Bernard

Posse do Colegiado Escolar



A cerimônia de posse do Colegiado Escolar ocorreu na Biblioteca Carmem Teixeira, aqui no  Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque , no turno matutino, do dia 30 de abril deste. Estiveram presentes todos os representantes das escolas que compõem o Centro  bem como convidados e a A superintendente de Acompanhamento e Avaliação da Rede Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Eni Bastos.
O Colegiado Escolar é um modelo de administração coletiva, em que todos participam dos processos decisórios e do acompanhamento, execução e avaliação das ações nas unidades escolares, envolvendo as questões administrativas, financeiras e pedagógicas.
Composto por:
Direção tendo o diretor (a) como  membro nato.
Coordenadores pedagógicos ou professores;
Servidores técnico-administrativos em exercício na Unidade Escolar;
Estudantes;
Pais ou responsáveis por estudantes matriculados na escola;
Comunidade local.
 Atividades prioritárias a serem desenvolvidas:
1.      Participar das discussões para elaboração, revisão, implementação e avaliação do Projeto Político Pedagógico, do Plano de Gestão e do Regimento Escolar;
2.      Participar da elaboração do calendário escolar e avaliar periodicamente o seu cumprimento;
3.      Participar da discussão e elaboração do cardápio da merenda escolar, levando em consideração os hábitos alimentares locais e o valor  nutritivo dos alimentos; realizando o acompanhamento da sua execução e sugerindo adaptações quando necessário;
4.      Participar da elaboração do plano de aplicação dos recursos financeiros alocados na escola e analisar suas respectivas prestações de contas, antes do encaminhamento à Secretaria da Educação;
5.      Buscar articulação com a equipe gestora, incentivando o desenvolvimento de ações voltadas para a integração entre a escola e a comunidade.

Saiba mais: http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/membros-de-colegiados-escolares-sao-empossados-na-escola-parque


Em  construção!

1º encontro: Conversando a gente se entende 2013


Na  primeira edição do ano do Projeto Conversando a gente se entende (NUPES) teve como  tema as emoções, as responsáveis pela a ação foram: Claudinéa  Portela, Elisabete Ramos Beth, Luciene Brandão  e Maridaura   Vita.
O evento foi iniciado com Claudinéa cantando  a música de “Roberto Carlos – Emoções” enfatizando que simplesmente por  todos existirem são especiais. Luciene pontuou que de séria já basta a vida, sendo assim trabalharão coma ludicidade, levando a refletir que em  qualquer momento do  nosso dia somos movidos pelas emoções.
Sugerindo q falassem de emoções que  sentimos diariamente; em primeiro  lugar se pensou mais   no  amor, porém  foi percebido que existem outras regendo o comportamento humano ao longo dos nossos dias.
Foi convocado três voluntários (Jean Batista,  Alessandra Barbosa e Kleber Santos) para interpretarem a adaptação da parábola africana: O Sapo e
o Escorpião, para  que  todos refletirem e concluírem que os animais agem  por extinto,  porém  nós seres humanos temos que agir  pelas emoções apesar de  hoje em dia muitos humanos estarem agindo instintivamente, como os animais. Percebeu-se que unimo-nos em algumas coisas, divergimos em outras e nos mantemos neutras em um dado momento dada a conveniência.
Apresentação dos grupos:
Em seguida foram formados grupos menores, formações sempre  variadas,  separaram- se em trio, depois em dupla e gradativamente aumentado até que se formou quatro  grandes grupos para discutirem sobre seus  respectivos temas, vivenciando as emoções por uma sua vertente:
1º grupo
O poder da palavra que tanto poderá fazer o bem ou o mal, podendo assim surtir efeito positivo ou negativo.  Importância do olhar foi abordada, pois até mesmo o olhar poderá destruir algum.  Usar a palavra curta  na hora certa é essencial como:  desculpa, por favor, obrigada, com  licença, etc.
2º  grupo
Fernanda Machado (professora de cerâmica do NAVI) abordou que a  raiva,  o medo e a tristeza fazem parte do ser humano saber conviver é essencial para  se evitar um  comportamento depressivo, para  isso temos que ter determinação, reagir  e buscar  solucionar as adversidades surgidas. Ser otimista, ter responsabilidade sorrir é o  melhor remédio para  combater as emoções negativas, pois nosso corpo é energia,  ter atitude de buscar reagir  sem  temer as dificuldades. Atitude positiva e a busca de  melhor  qualidade de vida é o  ideal para  todos.
“Eu vou ser feliz custe o que custar,  eu quero e vou ser feliz, porque eu quero  Eu posso e eu  conseguirei.”
3º grupo
Marlon Oliveira (NUPA) Relatou que  utiliza a dinâmica  do espelho para colocar sua historia conhecer o aluno e se colocar em seu lugar .  A assistente social Luciene Brandão aproveitou pra  ressaltar que  sempre  devemos  nos  colocar no lugar do outro, para  tentarmos o compreender e agirmos com  coerência.
Josué Santos (NAVI) enfatizou os direitos e deveres  de todos nós e para  se  ter o  cuidado e evitarmos  pré-julgamentos e  sim buscarmos sempre o  entendimento com o outro. Aqui na instituição somos um  corpo,  fora somos sociedade e  em  todos os locais devemos cumprir nosso papel  como cidadão e ser humano.
4º grupo
Jean Batista (NUAD) ressaltou a importância das emoções e das   decisões imediatas que podem  nos trazer consequências terríveis. A religião, a emoção de se unir ao outro com respeito, com o desejo do entendimento, da compreensão.
Elisabete lembrou que com sensibilidade Anísio Teixeira passou suas experiências; e que trazemos pouco de percepção diante das nossas experiências.
Claudinéa   concluíram que por hora somos peixinhos por outra somos escorpiões, mas que temos que  buscarmos  nosso equilíbrio acima de tudo 
para  estarmos  bem e mantemos a o bem  comum.
Maridaura, assistente social, questionou: Qual o nosso papel aqui na escola?  Todos aqui somos educadores o  olhar pelo aluno é  fundamental, dar  uma atenção a ele, aos colegas assim teremos depoimentos  valiosos  para  busca da colaboração entre si, contribuir para o  bem estar do outro, pensar nos alunos como sendo um ente  querido, afinal  estamos  todos aqui  com o  intuito de crescimento pessoal e coletivo. A nossa intenção e objetivo deve sempre ser a busca do bem comum.
O  agradecimento foi feito por Luciene informando que planejaram a  ação de coração e agradecendo a todos que estiveram presentes em  especial aos  funcionários e aos colaboradores envolvidos .
"Deus nos fez perfeitos e não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos.

Fazer ou não fazer algo, só depende de nossa vontade e perseverança."

Em  construção!

Oficina de Alfabetização e Letramento


     No dia 18 de abril ocorreu a oficina ministrada pela convidada Virginia  Rocha sugeriu a utilização de músicas trabalhando com  suas letras, vamos cantar  Vinicius utilizando apenas o texto desvinculado da melodia. Uso de rótulos como  alfabetização  não contextual,  o  professor sempre mediando as atividades,  buscando tornar  a criança alfabética com calendário, livros,  gibis. Recontar histórias como os trovadores.

     Pontuou  que ludicamente também  é preciso ensinar e também  é preciso  cantar,  buscando músicas que os abrace. Um dos recursos que pode ser
utilizado é o cd room . Além de fantoches com teatrinhos,  recebê-los com os aparatos e depois dar pra que eles recontem utilizando os fantoches. Muitas outras colocações pertinentes foram  feitas e discutidas durante a tarde, dando segmento ao roteiro que ode ser visualizado abaixo:

Em  construção



Aula Inaugural :SEC e Escola Parque



Aula Inaugural da Secretaria de educação 

do Estado da Bahia

A movimentação foi intensa, na manhã do dia 03 de abril, com o inicio do ano  letivo para os alunos da  rede estadual de ensino,  tendo como cenário a Escola Parque, como em anos  anteriores, contando com a presença do  secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, onde anunciou a ampliação do Programa de Educação Integral,  que  visa estimular os educandos a participarem das atividades oferecidas em  diversas áreas artísticas, tecnológicas, esportivas entre outras.
Os alunos do CECR (Centro Educacional Carneiro Ribeiro) compareceram a
solenidade de abertura do ano  letivo, que ocorreu no  teatro da Escola Parque onde puderam apreciar a exposição,  já tradicional, localizada no Foyer do teatro dos trabalhos desenvolvidos por jovens no projeto de Artes Visuais Estudantis (AVE) 2012.
Contou com apresentações artistas,  tendo como  convidados desse ano Manuela  Rodrigues encerrando com Adelmo Casé!



Aula Inaugural Escola Parque

No turno vespertino iniciamos nosso ano letivo com  uma mensagem de  boas vindas tendo como representante da equipe gestora,  o funcionário do  NUAD, Vivaldo Machado que recepcionou a todos com palavras acolhedoras:”
No coração muita ação para  que aqui possamos cumprir mais um  ano, pois estamos  para caminhar juntos, a mensagem passada através do  hino é: Quero que  valorize o que  você tem, porque você é  alguém tão importante para Deus e ele tem o  melhor para todos  nós e temos a certeza que esse ano de 2013 será melhor ainda.” Em seguida fez uma bela apresentação musical entoando um hino religioso, encantando a todos.
A professora de danças populares, Maria Dias, recém chegada ministrará aulas as quartas e sextas encantou a todos com a suavidade e leveza durante sua apresentação  e já chegou  demonstrando sua desenvoltura e versatilidade ao contracenar com a personagem Sebastiana do professor de teatro, João Alberto Santhana, que esteve presente fazendo uma  recepção inusitada e bem  humorada.
Filipe Monte Verde apresentou uma performance de dança, mais uma  vez entretendo a todos os presentes tamanha vivacidade das suas  coreografias.
O trio Lissandra Conceição e Maísla Freitas (que ministram aula de dança na instituição) juntamente com a  convidada Laís Cerqueira (Escola Enart Dance) apresentaram a coreografia: “Tristeza x Alegria”. Em  seguida  tivemos mais uma apresentação musical da professora Mônica Corsan, sempre muito  om podermos prestigiar esse talento e do grupo de Hip Hop sob o comando de  Francisco Bomfim Jr (Tico), demonstrando a coreografia apresentada pelo seu grupo Unidade All Star Crew , no Eurobattle 2013 Qualifier – Festival Internacional de Dança de Rua,  em Brasília.



Encerramos o evento com  o convite do diretor Gedean Ribeiro dos participantes das apresentações e as novas contratações ao palco, pedindo uma  salva de palmas  a todos e dando como  oficialmente as aulas do ano letivo de 2013.1 pontuando que essa casa é uma casa de  brilho  é uma casa que  inova e esse ano  teremos muitas novidades boas. Sejam  bem  vindos para  um ano de  construção e muitas realizações! Obrigado!”



Em  construção!

Matrícula 2013.1: SM Parque




A ansiedade foi algo marcante durante as matriculas de 2013, pois os alunos  ávidos em escolherem seus  cursos compareceram em peso as nossas dependências, como relatou as alunas Zildete Pereira, 71 anos, que passou a frequentar a instituição,  há 4 anos,  para melhorar sua memoria, moradora do bairro se matriculou nas oficinas de: biscuit espanhol com  informática, Viva Mentis e informática  básica;  fazia  ginastica com a professora Aparecida Dórea(Cida), mas deixou há um  ano por  questões físicas, limitando  suas atividades. A escola é muito boa deu um  novo sentido a sua vida e pra ela  não tem coisa melhor.
Nineidia de Jesus,  ex-professora de Didática e Práticas do Ensino, pedagoga da rede estadual aposentada é moradora do Engenho  Velho de Brotas,  soube das atividades da escola pelo amigo  seu amigo  José Lima e afirma que  depois que iniciou  suas atividades aqui não sairá mais tão cedo. É o terceiro ano que está na escola e que faz Informática com Espanhol, idioma que a encanta.
Taíse Longuinho é a responsável geral por todo o sistema de matrícula interno e externo do Centro, manteve a base de sua equipe de trabalho formada por: Alan Correia e José Hernandes Conceição, contando com Valdenice Silva , Vanda Dantas, Carlos Alves, entre outros. Utilizando o SM (Sistema de Matrícula) baseado no SGE (Sistema de Gestão Escolar), programa da Secretaria da Educação, viabilizando o processo da matrícula 2013.  

Em construção!


Jornada Pedagógica do CECR


Retomamos nossas atividades do ano letivo antecipadamente, nos dias 26 e 27 de fevereiro tivemos nossa Jornada Pedagógica, das 08h às 17h, todo quadro de professores do CECR, compareceu para planejarmos, analisarmos e avaliarmos os nossos procedimentos pedagógicos.
Recepcionados pela  voz encantadora de Jean Batista (NUAD) e uma bela apresentação de balé de Maísla Freitas (Mais Educação), esse ano assumindo  turmas nessa área.

Carla Dias, diretora da Escola Classe I, comentou sobre o sentimento de amplitude dado ao Centro isso ocorrido desde a publicação do Decreto Nº 14.104 de 15 de agosto de 2012, pois o fato de sermos agora efetivamente um Centro, desejou que 2013 seja muito melhor que 2012 seja muito melhor para cada um de nós. Em seguida foi exibido vídeo A Escola do educador Paulo Freire. Verifique:                                                       



Em construção 


Foram  ministradas palestras por integrantes do CECR discorrendo sobre temas diversos, inclusive sobre experiências exitosas. O mestre de cerimônia Rives Borges (Articulação de Área) ressaltou algumas peculiaridades dos
palestrantes e seus  temas abordados:
Tyrone Santiago (NICC) ministrou uma  aula multidisciplinar abordando política e contextualização histórica,  não se constrói o presente e o futuro sem pensar no passado . “Liberdade para o seu trabalho aqui na escola!”.

Eriluce Santos (Escola Professora Candolina), relatando  sua experiência exitosa ao trabalhar com o tema: eleições, cidadania e matemática produziu um  vídeo que foi exibido para os presentes, confeccionou um  livro  eletrônico que foi cedido um para acervo de cada escola pertencente ao CECR. “Humanização da disciplina. Adote um aluno e faça a transformação!”.

Joselúcia Ambrozi (NUPE)
A Escola Parque era um sonho, por isso a educação física era feita aqui há décadas passadas,
Abordagem critico-superadora tendo como objeto da educação física abordando pedagogicamente a cultura corporal. “Movimentar-se humano!”.  

Sérgio Bezerra a busca de formas da redução do impacto ambiental e custo focando a qualidade de vida,  transformando  hábitos  potencialmente
nocivos em  hábitos  seguros, objetivando melhoria  na saúde coletiva dos nossos servidores.  “Carregue sua  caneca melhore sua  vida!’.

Railza Fernandes  o despertar no  educando  a importância da reeducação alimentar, com essa atitude focando  na produção de um  mundo  melhor, ampliando a consciência e responsabilidade social e conservação do  meio ambiente. “Sustentabilidade!”.

“Fui tomada foi tomada por uma grande emoção, ao ser convidada... que bom estar de volta a Parque pra mim é um sonho, muito brigada!” disse comovida a ex-coordenadora do NUPA Elane Ribeiro, que foi chamada ao palco para ser homenageada pelo empenho e dedicação durante o  tempo que esteve conosco, recepcionada pelo Gestor Gedean Ribeiro e Silvana Pereira,  que retorna a unidade reassumindo a função de coordenadora do  núcleo citado.

O gestor Gedean Ribeiro pontuou a profundidade do conhecimento dos palestrantes, dos seus estudos, pesquisas, embasamento e coerência. Ressaltou a criação do projeto “Viva Mentis” com o objetivo de exercitar aspectos importantes da área cognitiva como a memória e a percepção,  esse ano  incorporado como uma oficina.

“Desejo que o Centro tenha uma ação conjunta, pois não falamos mais de uma única escola. Agradeço a toda equipe gestora”. Encerrou o Gedean Ribeiro

No turno vespertino foi divulgado o tema do ano letivo: Resgatando: valores: Família, Escola, e Sociedade. O  mesmo  foi  votado pela manhã. Com o  tema definido o corpo docente foi reunido por área de conhecimento e iniciaram suas atividades. No dia seguinte os professores se reuniram em seus próprios  núcleos para o planejamento do plano de ação anual entre outros.


Em  construção!